Com o objetivo de discutir a atual conjuntura política nacional e deliberar a Agenda Nacional de Lutas, a CNTE, Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação, realizou nesta sexta-feira (29), em Curitiba, a reunião do Conselho Nacional de Entidades. O Sindicato APEOC, representado pelo secretário-geral, Helano Maia, e o diretor de comunicação, Alessandro Carvalho, participou do encontro.

Em pauta, o projeto da Reforma da Previdência, os Precatórios do FUNDEF para a valorização dos profissionais da Educação, Royalties do Pré-Sal e Novo FUNDEB.

Alessandro Carvalho, diretor da APEOC e da CNTE, chamou atenção para o Dia D em Defesa da Educação, puxado no Ceará pelo Sindicato APEOC e a Frente Norte/Nordeste pela Educação. “Os preparativos estão a todo o vapor, estamos articulando com toda a categoria, professores ativos, aposentados e temporários, profissionais da Educação, estudantes e movimentos sociais para um grande ato no próximo dia 11 de abril. A concentração será na sede da APEOC em Fortaleza. No Ceará, a luta é ampliada, com o foco também na Pauta da Rede Estadual: Reajuste Salarial, pagamento de Promoções e Gratificações, Ampliação e fim do teto do Vale-alimentação”, afirmou Alessandro.

Quanto ao calendário de mobilizações em todo o país, ficou definido:

 CALENDÁRIO NACIONAL DE LUTAS
11 de Abril
Mobilizações nas regiões Norte e Nordeste em Defesa da Subvinculação dos Precatórios do FUNDEF, pelo novo FUNDEB, mais recursos para a educação e Contra a Reforma da Previdência
22 a 29 de Abril
20ª Semana Nacional em Defesa e Promoção da Educação Pública
24 de Abril
Dia de Mobilização Nacional contra a Reforma da Previdência, Rumo a Greve Geral
25 a 27 de Abril
Conferência Regional da Internacional da Educação para América Latina, La Plata/Argentina
26 de Abril
Ato Regional da América Latina contra os governos autoritários e que retiram direitos da classe trabalhadora, La Plata/Argentina
1 de Maio
Manifestações do Dia do/a Trabalhador/a
7 e 8 de Maio
Seminário sobre Privatização e Militarização das Escolas Públicas da Educação Básica, São Paulo
8 de Maio
Debate sobre a Reforma da Previdência, 18h, São Paulo
15 de Maio
Data indicativa da Educação para as Centrais Sindicais realizarem a Greve Geral da Classe Trabalhadora