O Sindicato APEOC informa a todos os servidores estaduais que o processo de Recadastramento e Prova de Vida para ativos, aposentados e pensionistas terão algumas mudanças para o ano de 2021. O anuncio foi feito nesta segunda-feira (11), pela Fundação de Previdência do Estado do Ceará (Cearáprev).

O vice-presidente da APEOC, Reginaldo Pinheiro, acompanhou a transmissão e fez algumas indagações sobre as mudanças para esse exercício e cobrou do governo uma maior participação dos servidores a partir das suas entidades sindicais nas discussões e no controle social da previdência estadual. Entre as questões: Quando sairá o cronograma completo de recadastramento?

Em resposta, o recadastramento e a prova de vida podem ser feitos a partir de janeiro até 30 de junho por todos os servidores públicos, independente do mês de nascimento. Todo o processo é automatizado e deve ser feito por meio da plataforma Cearáprev OnLine, disponível na web  e para smartfones nas lojas PLAY STORE e GOOGLE PLAY, na qual, os servidores podem baixar o aplicativo e não mais precisarão se deslocar até uma setorial.

Cearáprev On-Line

Para fazer o recadastramento é essencial ter em mãos CPF e senha do Guardião para um acesso seguro das suas informações. O guardião é um mecanismo de segurança e proteção do servidor. Vale ressaltar ainda a importância de todos os servidores estarem com suas informações atualizadas junto a SEPLAG, o que facilita em processos futuros de solicitação de benefícios, aposentadoria entre outros, desde que o aplicativo será a plataforma oficial do servidor com o estado e que irá integrar informações da PGE, SEPLAG, TCE, PROCURADORIA, e demais instituições públicas e privadas.

A plataforma conta ainda com medidas de segurança como: Reconhecimento Facial e reconhecimento de voz. Outra novidade é a digitalização de documentos e fotos para atualização de dados sem precisar enviar documento em papel apenas usando o aplicativo.

No caso de dúvidas ou dificuldades no acesso, os servidores públicos podem entrar em contato com a central pelo telefone 3108-0135, ou acionar a ouvidoria direto pelo APP. Em casos excepcionais como internação ou problemas com mobilidade será disponibilizado ainda uma assistência domiciliar para que o servidor consiga realizar o processo.

Outra novidade para este ano é que será disponibilizado um curso gratuito de preparação para assistência nesse processo. Atualmente diversos setores do executivo já passaram pela formação que também será estendida as entidades sindicais que representam as categorias como também aos servidores que tiverem interesse na formação.

BAIXE O APLICATIVO AQUI!