Os profissionais da Educação do município de Pacatuba realizaram na manhã desta sexta-feira (28) uma Assembleia Geral. O encontro, que ocorreu na Praça da Juventude, centro de Pacatuba, teve como finalidade deliberar sobre a resposta da Gestão Municipal à negociação da reposição salarial de 2017. A categoria reivindica um aumento de 7,64%, mesmo índice do Piso Nacional do Magistério. O Sindicato APEOC esteve presente na ocasião para mediar a negociação e foi representado pelo secretário de Assuntos Jurídicos da entidade, Sérgio Bezerra.

A Prefeitura decretou ponto facultativo neste dia de Greve Geral e nenhum representante da gestão compareceu para discutir e encaminhar respostas sobre a proposta. Os docentes decidiram então, em votação, marcar uma nova Assembleia para o dia 03 de maio, às 9h, na Secretaria da Educação, exigindo desta vez a presença do prefeito Carlomano Marques para negociar o percentual de aumento.

Greve Geral

Os professores presentes seguiram em caminhada pelas principais ruas do centro de Pacatuba, informando aos moradores a situação dos profissionais na cidade, e em apoio à Greve Geral que acontece nesta sexta em todo o Brasil contra as reformas malditas da Previdência e Trabalhista.