O Sindicato APEOC em Baturité, representado pela presidente da Comissão Municipal, professora Aurilene Ramos, e pela vice-presidente, Maria Luíza Arruda, esteve nesta terça-feira (02) em reunião no Ministério Público com o Promotor de Justiça, Dr. Antônio Forte. O objetivo da reunião foi acompanhar o andamento de demandas já encaminhadas ao Ministério Público devido à falta de respostas do município.

Principais Tópicos da Pauta:

• Contribuições Previdenciárias: O Ministério Público encaminhou e está aguardando uma resposta do INSS sobre os repasses do município. A falta de repasse das contribuições previdenciárias é uma preocupação significativa para os servidores municipais, pois compromete a segurança financeira de suas aposentadorias.

• FGTS: Em relação ao parcelamento do FGTS do município junto à Caixa Econômica Federal, o município foi notificado para fornecer explicações. Essa situação tem gerado incertezas e dificuldades para os trabalhadores que têm direito a esses recursos.

• Concurso Público: A realização de um concurso público para a rede municipal foi outro destaque na pauta. O encaminhamento será a realização de uma audiência judicial para tratar do tema, buscando garantir a transparência e a legalidade do processo de contratação de novos servidores.

O Sindicato APEOC continua firme em sua missão de defender os direitos dos trabalhadores da educação, buscando sempre o melhor para a categoria e não medindo esforços para garantir que as demandas sejam atendidas.