“O verbo que mais uso hoje é acreditar. Acreditar em nossos sindicatos, no país, em nossa luta. Acreditar é o verbo”. Este é José Leorne Nogueira, 71 anos, atualmente o sócio mais antigo do Sindicato APEOC, com 46 anos de filiação completados nesta sexta-feira (18). Formado na primeira turma do curso de Educação Física da Universidade da Fortaleza, a história do professor Leorne se confunde com a da entidade.

Quando se filiou, em 1971, quem presidia a entidade era o professor Francisco Brilhante Teixeira, que logo o convidou para ser integrante da diretoria. O primeiro cargo foi o de Diretor de Esportes, no início de 1972. Desde então ocupou várias missões no Sindicato.

Em 1992, foi eleito presidente do Sindicato APEOC, mas por problemas de saúde o mandato só durou 9 meses. “Era uma época em que fui presidente do Sindicato e diretor de uma escola no bairro Pirambu. Meu coração não aguentou”, falou. Outros cargos exercidos foram o de vice-presidente, secretário-Geral, secretário para Assuntos Sindicais e secretário de Esportes. Atualmente é o responsável pela Secretaria de Assuntos de Imprensa e Divulgação. Leorne passou por três sedes do Sindicato APEOC em Fortaleza: na rua Tenente Benévolo, na rua Monsenhor Otávio de Castro, e a atual, Rua Sólon Pinheiro.

Mesmo aposentado, o diretor continua à frente das causas sindicais. “Estamos passando por um período no Brasil muito difícil, mas não podemos desistir. É através da luta dos nossos Sindicatos que conseguimos e conseguiremos as nossas maiores conquistas”, disse.

O presidente do Sindicato APEOC, Anizio Melo, parabeniza o professor Leorne pela vitalidade e compromisso nessa luta em defesa dos direitos dos profissionais da Educação.