O Sindicato APEOC esteve na última quinta-feira (19), na Procuradoria-geral de Nova Olinda, e no gabinete do prefeito, Ítalo Brito, para protocolar uma minuta de acordo do Precatório do FUNDEF, que destina 60% do recurso para valorização do Magistério no município.

Atualmente os 60% do Precatório de Nova Olinda estão bloqueados por determinação judicial. O prefeito tem mostrado não ter objeções em fazer o rateio, mas exige que haja uma segurança jurídica, através de um acordo judicial.

Com a formalização do acordo por parte do Sindicato APEOC, a entidade espera a devolutiva da administração municipal para dar continuidade ao processo. O Sindicato já afirmou o interesse em reunir-se com o prefeito para tratar do acordo.

Estiveram presentes o presidente estadual da APEOC, Anizio Melo, o assessor sindical, Roque Melo, a presidente da comissão municipal, Socorro Matos, e o representante da banca de advogados, Davi Sucupira.