O Sindicato APEOC em Paracuru reuniu-se nesta terça-feira (30), com o prefeito, Eliabe Albuquerque, e a secretária municipal de Educação, Dalma Maria Sanders, para dar continuidade às negociações de regularização dos quinquênios. O benefício está sendo assegurado apenas por uma liminar na justiça obtida através do Sindicato APEOC, que luta para regularizá-lo definitivamente por lei municipal.

Na última assembleia com professores do município, realizada em março, a categoria se posicionou a favor de reivindicar a incorporação do valor integral do quinquênio. Na mesma ocasião, a APEOC foi liberada a analisar a folha de pagamento da prefeitura de Paracuru para nivelar as informações e fazer simulações, tendo em vista que a administração pública afirma não ter condições de incorporar integralmente o benefício por causa da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

As informações solicitadas foram todas entregues para a comissão técnica criada que, depois de analisar todos os dados, voltou a negociação da proposta de integralização dos quinquênios. As simulações e propostas serão novamente apresentadas na assembleia geral com a categoria, que será realizada na próximo dia 7 de maio.

Estiveram presentes na reunião o vice-presidente estadual da APEOC, Reginaldo Pinheiro, o secretário-geral, Helano Maia, o presidente da Comissão Municipal de Paracuru, Eudásio Gomes e a vice-presidente, Nadja de Andrade.