A Nona edição do Memórias de Baobá, contará mais uma vez com o apoio do Sindicato APEOC, em forma de hospedagem para alguns participantes e divulgação entre os sócios, dando mais visibilidade às ações do projeto que trabalha o cunho cultural e formativo, em torno do patrimônio cultural negro.

Com o tema “15 Anos de Lei 10.639: Pertencimento, Espiritualidade e Educação”, o MEMÓRIAS DE BAOBÁ vem contribuindo para a efetivação de conteúdos de matriz africana, construindo subsídios para ampliar o alcance da Lei 10.639/2003, que estabelece as diretrizes e bases da Educação Nacional, para incluir no currículo oficial da Rede de Ensino a obrigatoriedade da temática “História e Cultura Afro-Brasileira”.

O encontro que ocorre desde 2010, é uma realização do Núcleo das Africanidades Cearenses (NACE), que desenvolve atividades de pesquisa e extensão a partir dos valores civilizatórios africanos, fazendo parte da rede de Núcleos de Estudos Afro-Brasileiros (NEABS). O encontro de formação é voltado à capacitação de professores, estudantes da Educação Básica, de graduação e pós-graduação, brincantes e pessoas da comunidade em geral.

O evento já tem data marcada e será realizado entre 21 e 24 de novembro, tendo como espaço principal o Baobá centenário localizado na Praça dos Mártires (Passeio Público) em Fortaleza. Nesta edição, além de diversas expressões da cultura negra no Ceará e no Brasil o encontro recebe convidados de diferentes regiões do país e de Moçambique.

O Sindicato APEOC irá dispor de 20 vagas para a edição deste ano do Memórias do Baobá. As vagas serão preenchidas através de inscrição, no link abaixo, levando em consideração a ordem de inscrição.

 

ACESSE AQUI o link da inscrição