Os membros da Comissão Municipal do Sindicato APEOC de Abaiara se reuniram nesta sexta-feira (16) com o assessor político, Roque Melo, e o assessor jurídico, Augusto Neto, para discutir a estratégia da entidade na reversão de remoções irregulares de professores e servidores da rede de ensino. A reunião ocorreu na Câmara Municipal.

A medida da Secretaria da Educação do Município é uma clara perseguição política a alguns profissionais da cidade. Diante do problema, o Sindicato APEOC articulou uma frente de apoio aos atingidos e acionou o Ministério Público, a Câmara dos Vereadores e a Justiça do Trabalho.

A maioria das remoções irregulares já foi revertida graças à pressão do Sindicato APEOC. No momento, a entidade luta para resolver a situação de dois servidores na esfera administrativa. Todas as remoções foram feitas sem a instauração de nenhum procedimento administrativo. O Sindicato APEOC vai solicitar à Secretaria da Educação que os processos de mudança de local de trabalho sejam oficializados com a explanação detalhada dos motivos.

Caso algum professor ou servidor queira questionar medidas arbitrárias com essa basta procurar a Comissão Municipal do Sindicato APEOC de Abaiara.