O presidente em exercício do Sindicato APEOC, Reginaldo Pinheiro, reafirmou a posição da instituição de que não é momento para o retorno às aulas presenciais em matéria do Jornal O Povo que debate o assunto.

“As escolas precisam estar adaptadas. Algumas escolas não têm condições, tanto estaduais como municipais. Há muita aglomeração e o poder público não dá conta de fiscalizar” enfatizou o professor.

Deixamos claro para toda a sociedade que aulas, conteúdos, tarefas e recursos se recuperam. Vidas não!

VEJA AQUI a matéria completa do Jornal O Povo