Categoria: Artigo de Opinião

RABISCOS SOBRE CONJUNTURA E FINANCIAMENTO DA EDUCAÇÃO EM TEMPOS DE CORONAVÍRUS

Há 9 anos temos suscitado a importância de vincular recursos do Pré-sal para salvaguarda do FUNDEB, ainda nos governos Lula e principalmente no governo Dilma, poderíamos ter regulamentado a Lei 12858, que no governo Dilma estabeleceu a obrigatoriedade de aplicação dos royalties e do fundo social do Pré-sal, com 75% para a Educação e 25% para a Saúde.

consulte Mais informação

A TECNOLOGIA É COADJUVANTE! OS PROTAGONISTAS SÃO OS PROFESSORES E OS ALUNOS!

Frente aos atuais acontecimentos e diante da incerteza que estamos vivendo nesse período nevrálgico e inédito em nosso país – pelo menos neste século – uma reflexão será necessária muito em breve: como será nossa nova realidade escolar daqui pra frente? Podemos apenas afirmar que muitas coisas serão diferentes e desde já podemos apontar para algumas direções que se apresentam mais claras.

consulte Mais informação

FINANCIAMENTO DA EDUCAÇÃO E PISO NACIONAL DO MAGISTÉRIO: OS DESAFIOS LANÇADOS EM NOSSAS MÃOS

Conquistada após a luta de gerações de educadores, com forte participação da CNTE e de seus sindicatos filiados, o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação – FUNDEB – e o Piso Salarial Nacional do Magistério são até hoje, indiscutivelmente, as principais políticas de valorização da educação pública e de seus profissionais.

consulte Mais informação

TETOS SALARIAIS E A VALORIZAÇÃO DOS PROFESSORES ESTADUAIS NO CEARÁ

O presente artigo de opinião pretende promover a discussão sobre os impactos dos tetos salariais, em especial o teto estadual do auxílio alimentação e o teto da previdência federal que influencia na concessão do auxílio especial de reforço a renda aos servidores estaduais do Ceará. Até pouco tempo nossa luta era pela implementação do Piso Nacional do Magistério e nos últimos anos temos lutado e conquistado a aplicação desse piso na nossa Carreira Estadual que foi aperfeiçoada em 2015.

consulte Mais informação

EDUCAÇÃO: QUEM É O INIMIGO E QUEM É VOCÊ?

Decorridos oito meses do novo governo, evidencia-se a sua real configuração: antidemocrático, ultraliberal e neocolonial. As vitórias da extrema-direita são fenômenos no mundo de hoje, não é um caso apenas do Brasil. Nos momentos de crise do capitalismo, para recompor as taxas de lucro, os conservadores apelam para uma agenda da extrema-direita, com o fim de limitar o espaço democrático, diminuir os gastos públicos e reduzir o custo da força de trabalho. A eleição do capitão reformado se deu nesse quadro.

consulte Mais informação
Carregando

TVAPEOC

Ouvidoria APEOC

Rádio APEOC

ISSEC

CAMPANHA SALARIAL 2020

INFORMATIVO APEOC

canal de denúncia

HOTSITES


Nova Carreira

PARCEIROS