Atendendo a campanha encabeçada pelo Sindicato APEOC contra o PLP que tramita na Câmara Federal que trata da ajuda a estados e municípios e do consequente congelamento de salários dos servidores públicos, o deputado federal Idilvan Alencar, do PDT do Ceará, apresentou duas emendas ao PLP 39/2020.

De acordo com o texto, o parlamentar propõe excluir todo servidor público da vedação de ter reajuste, realizar concursos e convocar concursados. Idilvan apresentou ainda outra emenda excluindo os professores do congelamento de salários.

Eram necessárias 101 assinaturas dos parlamentares para tramitar. Idilvan garantiu 111. Por isso é tão importante pressionar os deputados federais, principalmente os cearenses, para que votem contra o congelamento de salários dos servidores públicos.

A APEOC enviou ofício ao presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia, e aos deputados federais, e está com uma campanha em curso, em nossas redes sociais, divulgando os contatos dos deputados cearenses, para que professores, funcionários da Educação, estudantes, país e toda a comunidade escolar façam pressão para que os parlamentares votem contra o congelamento de salários.

VEJA AQUI a EMENDA ADITIVA PLP 39/2020 VEJA AQUI a EMENDA SUPRESSIVA PLP 39/2020 VEJA AQUI ofício a RODRIGO MAIA