Professores de Maranguape estiveram na Câmara Municipal para cobrar a convocação de profissionais que estão no cadastro de reserva do último concurso público da rede municipal, realizado em 2016. Os docentes afirmam que as vagas estariam sendo preenchidas por meio de apadrinhamento político. O protesto ocorreu na última quinta-feira (29), e teve o apoio do Sindicato APEOC.

A sessão em que os professores estiveram presentes não ocorreu devido a quantidade insuficiente de vereadores. Nicola Cordeiro, Eliziário Maia, Arlindo Mota, Aldemir Arruda, Cristiano Andrade, Alana Lima, Emanuel Mendes e João Alves do Nascimento foram os vereadores que estavam presentes. A situação causou mais protestos entre os professores, que segundo os organizadores do ato, retornarão nesta segunda-feira (04) para participar da sessão e fazer suas reivindicações.

O Sindicato APEOC apoia a pauta dos profissionais da Educação de Maranguape, e acompanhará os próximos protestos a fim de garantir que os direitos dos professores sejam garantidos de forma correta.