O Sindicato APEOC repudia veemente a publicação da jornalista Regina Vilela, candidata não eleita ao cargo de deputada federal no Ceará pelo PSL em 2018, que afirmou em um vídeo no seu canal no Youtube, que a Prefeitura de Fortaleza teria uma cartilha sobre Educação Sexual na primeira infância, e que o material estaria sendo usado na formação de professores da Educação Infantil da capital. O material também foi divulgado pelo deputado estadual do PSL, André Fernandes.

A jornalista e o deputado estadual André Fernandes, de forma leviana e extremamente preconceituosa, tentam pôr em xeque a formação de professores qualificados e comprometidos com a Educação Básica de Fortaleza. No vídeo são apresentados recortes grosseiros de uma suposta apostila que nunca chegou aos profissionais.

O vídeo é uma grande “FakeNews” e atenta contra uma categoria que já vem sofrendo diversos ataques do atual Governo Federal. Os educadores brasileiros viraram alvo do Palácio do Planalto e de vários apoiadores, como é o caso dessa jornalista, que se aproveita de um material falso para se promover.

Aos professores da rede municipal de Fortaleza todo o apoio e admiração do Sindicato APEOC. A Educação merece respeito e não vai se calar jamais!