A Comissão do Sindicato APEOC em Pacajus, representada pelo Presidente, Professor Jonas Lopes, demais membros da Comissão, e a Secretária de Assuntos de Políticas Sociais, Professora Josilma Frota, reuniu-se, na última terça-feira (12), com o Prefeito Davanilson José Pinheiro, e a Secretária de Educação, Ângela Myrle Saldanha, para tratar de pautas emergenciais da categoria.

Vejam os pontos que foram discutidos e seus respectivos encaminhamentos:

• Pagamento do salário de dezembro: Será pago no último dia útil do mês, 29/12;

• Aprovação do Projeto de Lei de reajuste da Regência: Ficou acordado com o prefeito que será feito o estudo do impacto financeiro. O prefeito demonstrou interesse em conceder o reajuste, dentro do que for legalmente possível;

• Reformulação do PCCR: Ficou acertada a criação de uma comissão mista, composta por dois representantes de cada servidor do magistério e agendado para o dia 8 de janeiro de 2024 a primeira reunião desta comissão, sendo que duas vezes por mês haverá reunião para acelerar o processo de reformulação;

• Proposta de alteração da lei de liberação para mandato classista: O prefeito e a secretária se colocaram à disposição para estudar a lei e encaminhar o projeto de alteração;

• PACAJUSPREV (aposentadorias em espera para assinatura do ato de afastamento): A APEOC irá solicitar uma reunião com o presidente do Instituto para analisar as demandas pendentes;

• GIP: A APEOC solicitou à secretária de educação a lista das gips concedidas e averiguar as que estão pendentes para solucioná-las o quanto antes;

• Regência de classe para os profissionais em licença médica e readaptação: A APEOC solicitou que a gestão averigue quem ainda está sem receber para que seja concedida;

• Pagamento das rescisões dos temporários: A gestão se comprometeu que irá pagar em janeiro de 2024;

• Calendário Letivo de 2024: A APEOC solicitou acesso a construção desse calendário e a secretária falou que já está em construção e irá disponibilizar as informações;

• Calendário de pagamento 2024: O Sindicato APEOC propôs a construção do calendário e a gestão se dispôs a construir o mesmo e a manter o pagamento no último dia útil do mês;

• Convocação dos concursados e edital de seleção do Cadastro Reserva da Educação: O prefeito assegurou que em janeiro de 2024 haverá a convocação do concurso e a seleção será para completar as vagas que o concurso não suprir;

• Reivindicações das merendeiras, auxiliares de serviços-gerais e agentes administrativos: A APEOC cobrou melhorias salariais e melhores condições de trabalho; e

• Lotação dos servidores da educação: O Sindicato solicitou participação no processo de lotação, dando prioridade aos servidores concursados.

O Sindicato APEOC continua vigilante e lutará para que todos(as) os(as) profissionais da Educação tenham valorização!