O Sindicato APEOC em Chorozinho representado pelo presidente da Comissão Municipal, Alessandro Carvalho, e pelo vice, Cleilson Coelho, reuniu-se com a secretária da educação, Célia Marinho, e representantes da Secretaria Municipal de Saúde, para discutir e avaliar o cenário pandêmico e fazer encaminhamentos sobre o processo de retorno ao segundo semestre letivo.

Na ocasião foi acertado que, durante este mês de agosto, o município realizará uma série de avaliações diagnósticas com alunos em algumas escolas, respeitando os critérios sanitários que foram definidos pelo Comitê de Avaliação e Planejamento de retomadas das aulas.

Após a reivindicação do Sindicato APEOC, ficou garantido aos professores(as) o direito à opcionalidade no comparecimento presencial ou não às avaliações nesta fase de transição.

O Sindicato APEOC cobrou ainda da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e da Gestão Municipal celeridade no processo de imunização dos profissionais de educação do município. A SMS afirmou que está empenhada em garantir a imunização dos professores(as) e demais profissionais da educação o mais rápido possível.

Ao final da reunião, ficou firmado que as atividades diagnósticas desenvolvidas no mês de agosto servirão para avaliar as condições de retorno efetivo às escolas. Também serão feitas novas mesas de negociação com o Sindicato APEOC para discutir o processo transicional para o ensino híbrido, observando as condições sanitárias para a referida transição.

Estiveram presentes na reunião além dos representantes sindicais e da secretária de educação, as técnicas da SME, professoras Valdiva Souza, Graça Santiago e o professor Frankelmo Matos; e representando a Secretaria Municipal de Saúde, Lesly-Ane Nogueira e Gleidiane Muniz.