IMG 20161025 172132368.300xA direção do Sindicato APEOC participou nesta terça-feira (25) de mais um grande ato contra a PEC 241, que pretende congelar os gastos públicos com Educação e Saúde pelos próximos vinte anos. O ato em Fortaleza foi organizado pelas Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo e contou com a adesão de vários sindicatos, centrais sindicais e movimentos sociais e populares de trabalhadores e estudantes da capital e do interior. A concentração foi na Praça da Gentilândia, no bairro Benfica, e seguiu até a Praça do Ferreira, no Centro.

Anizio Melo, presidente do Sindicato APEOC, convocou os profissionais da Educação para participarem das manifestações em defesa dos direitos dos trabalhadores e do financiamento público para as áreas sociais.

PEC 241

IMG 20161025 165204363.300xAo mesmo tempo que os cearenses ganhavam às ruas para protestar contra a PEC da Morte, a Câmara Federal aprovou, em segunda votação, a proposta.  na Câmara Federal também nesta terça (25). Foram 359 votos a favor, 116 contrários e duas abstenções. Seis destaques ao texto apresentados pela oposição ainda precisam ser votados.

IMG 20161025 172132368 3.300xDesde o início da discussão da PEC dos Gastos Públicos, a oposição critica a medida e diz que a limitação vai retirar recursos das áreas sociais, principalmente da saúde e da educação. Os governistas rebatem os argumentos e garantem que não haverá cortes nessas áreas.

Para que a PEC 241 seja encaminhada para discussão e votação no Senado, os deputados precisam agora votar os destaques ao texto.

IMG 20161025 172132368 2.300xO presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e os aliados do governo esperam concluir a apreciação da PEC na Casa em novembro para que a proposta seja promulgada e anexada à Constituição Federal.
*Com informações do jornal Brasil de Fato