O Sindicato – APEOC continua cobrando do governo do Estado à implantação da progressão horizontal para 100% dos professores aptos e sem avaliação.

A progressão horizontal, que deveria ter sido implantada em setembro de 2009, até hoje é assunto não comentado pelos setores oficiais da administração do Estado, principalmente pela SEDUC.

Em 2009, logo no início do ano letivo, os professores estaduais paralisaram as suas atividades em protesto ao descaso proposital para com as reivindicações dos trabalhadores em educação.

Depois de longo período de negociações e do governo conseguir a ilegalidade da greve no Poder Judiciário, o governador assumiu compromisso de rever o assunto: progressão horizontal. Entretanto, até hoje nada ocorreu, apesar do Sindicato – APEOC já ter entregue relatório de sugestões, mesmo sem a constituição da comissão oficial que deveria decidir o assunto.

O Sindicato – APEOC defende progressão horizontal para 100% dos professores e não como deseja o governo, tendo em vista que, essa progressão deveria ter sido implantada em setembro de 2009.