Os profissionais da Educação do município de Caridade, no interior do estado, conquistaram reajuste salarial de 8,64%, percentual acima do Piso Nacional do Magistério. Após negociações e pressão do Sindicato APEOC, o aumento foi confirmado nesta quarta-feira (24) durante audiência na sede da prefeitura da cidade. Na ocasião estiveram presentes a prefeita, Amanda Lopes, a presidente da Comissão Municipal de Caridade, Solânia Barroso, o assessor sindical do Sindicato APEOC, Roque Melo, e alguns professores da rede pública municipal de Caridade.

Os servidores de Caridade terão um ganho real de 11,14%, visto que ficou acertada ainda uma progressão de 2,5% para os profissionais do município. O projeto de Lei que prevê o reajuste será encaminhado nesta quinta (25), em regime de urgência, à Câmara dos Vereadores de Caridade. A previsão é de a matéria seja votada ainda amanhã (26). O pagamento está previsto para ser efetivado em 1º de junho.

Durante a audiência com a prefeitura, o Sindicato APEOC também cobrou a readequação do Plano de Carreira dos professores de Caridade. A partir de junho ocorrerão reuniões com a gestão municipal e categoria para reformulação do plano.