A Comissão Municipal do Sindicato APEOC em Caucaia participou de uma reunião com prefeito Naumi Amorim nesta segunda-feira (13) para tratar da pauta de reivindicações dos profissionais da Educação. A secretária de Educação da cidade, Lindomar Soares, e o secretário de Assuntos Jurídicos do Sindicato, Sergio Bezerra, também estiveram presentes na ocasião. O encontro ocorreu no auditório da Secretaria da Educação e contou com a participação de dezenas de professores. Veja os encaminhamentos.

Aumento Salarial e Progressão

Durante o encontro, o gestor da cidade acatou a reivindicação do Sindicato APEOC e anunciou o reajuste de 7,64% a partir do salário de fevereiro, com pagamento em março. Os valores serão retroativos a janeiro e vão ser pagos em duas parcelas, nos meses de março e abril, respectivamente. O prefeito também anunciou o pagamento das progressões, referentes à mudança de nível, de 101 professores, cujos processos estavam pendentes.

TAC Educação Infantil

A Comissão Municipal de Caucaia também cobrou a assinatura do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado entre o Ministério Público, o Instituto Myra Eliane e dezoito prefeituras do Ceará. O documento prevê a adoção de práticas de valores humanos na formação das crianças da educação infantil nas escolas do Ceará.

Transporte Escolar

O Sindicato também cobrou um posicionamento da Prefeitura quanto ao uso do transporte escolar. O transporte estava sendo usado apenas pelos alunos do ensino médio, deixando os estudantes da rede municipal de fora. O prefeito prometeu rever a situação.

Merenda Escolar

Uma queixa de alunos, professores e gestores é a baixa qualidade da merenda escolar. O prefeito da cidade garantiu a melhoria das refeições.

Estatuto do Magistério

A Comissão de Caucaia solicitou mudanças no Estatuto do Magistério, no que diz respeito às progressões. O estatuto não especifica com clareza os pontos relativos à mudança de nível e alguns docentes têm dificuldades para garantir suas progressões.

Contratação

Durante a reunião, o prefeito também anunciou a contratação dos professores aprovados no concurso de 2016, em caráter temporário, até a contratação efetiva.