Dos seis milhões, 264 mil, 131 cearenses com idade de 15 anos ou mais, 18,8% são analfabetos, o que corresponde a um milhão, 285 mil, 663 pessoas.

Dos fortalezenses com faixa etária de 15 ou mais anos, 7% são analfabetos, o que corresponde 122.265 habitantes analfabetos com idade igual ou superior a 15 anos. População maior do que a maioria das cidades cearenses, portanto, uma cidade de

analfabetos dentro da capital cearense.

 

Com esse contingente de pessoas analfabetas no Estado do Ceará, de aproximadamente hum milhão e 300 mil pessoas, os gestores públicos ainda criam obstáculos para não investir na educação.