Novo site em homenagem ao Professor Jaime AlencarA família e os amigos de Jaime Alencar registram neste domingo, 27 de janeiro, o transcurso da data de aniversário do seu nascimento, com eterna lembrança e saudade. Em 28 de novembro de 2009, portanto, há quatro anos, o inesquecível líder estudantil, professor secundarista e universitário, Jaime Alencar, ex-presidente do Sindicato APEOC partiu inesperadamente para um mundo superior e celestial dos espíritos chamados por Deus, quando louvados pela simplicidade dos que nasceram para servir e não ser servidos. O educador Jaime Alencar nasceu para servir à educação e educadores. Como presidente e um dos fundadores do Sindicato APEOC percorreu todos os municípios cearenses. Registrou presença nas lutas dos trabalhadores em educação na rede pública de ensino do Estado e dos Municípios do Ceará. Polêmico e amante do diálogo democrático não admitia renúncia nem tergiversação diante de qualquer ameaça ao consagrado direito dos profissionais educadores.

Novo site do Prof. Jaime AlencarAinda como estudante secundarista e líder estudantil no Liceu do Ceará, o “colega Jaime”, como assim era cariosamente tratado por seus colegas e contemporâneos liceistas iniciou vida profissional de magistério, lecionando nos cursos de Admissão ao Ginásio em escolas de ensino particular e público. Foram mais de 50 anos dedicados, com exclusividade de tempo integral às causas da educação e dos educadores cearenses.

Com esse mesmo entusiasmo e dedicação implícita de líder estudantil e de educador, Jaime Alencar militou na vida sindical por várias décadas filiado ao Sindicato APEOC. Como presidente e, posteriormente, permanente e mais atuante assessor da entidade na história dessa instituição de trabalhadores em educação, Jaime Alencar deixou marca registrada de competência e de amor no servir aos semelhantes, fraternalmente, como homem limpo e de bons costumes. Legado que lhe outorgou gratificante reconhecimento e homenagem póstuma da diretoria do Sindicato APEOC, com denominação de Palácio da Educação Prof. Jaime Alencar, o edifício sede da entidade, na Rua Solon Pinheiro, 1306, em Fortaleza, Capital do Estado.

Com essa sua maneira de ser profissional educador, Jaime Alencar foi também reconhecido pelo governador do Estado do Ceará, Cid Gomes, quando o convidou para integrar como membro efetivo o Conselho Estadual de Educação. No ato de posse Jaime Alencar agradeceu o convite do Chefe do Poder Executivo, ressaltando ser aquele momento o ápice da sua consagração profissional. Infelizmente faleceu ainda no primeiro ano de sua participativa gestão no Conselho Estadual de Educação.  Perdeu o Ceará um apóstolo da Educação Básica.

Fonte: www.jaimealencar.com

A família e os amigos de Jaime Alencar registram neste domingo, 27 de janeiro, o transcurso da data de aniversário do seu nascimento, com eterna lembrança e saudade. Em 28 de novembro de 2009, portanto, há quatro anos, o inesquecível líder estudantil, professor secundarista e universitário, Jaime Alencar, ex-presidente do Sindicato APEOC partiu inesperadamente para um mundo superior e celestial dos espíritos chamados por Deus, quando louvados pela simplicidade dos que nasceram para servir e não ser servidos. O educador Jaime Alencar nasceu para servir à educação e educadores. Como presidente e um dos fundadores do Sindicato APEOC percorreu todos os municípios cearenses. Registrou presença nas lutas dos trabalhadores em educação na rede pública de ensino do Estado e dos Municípios do Ceará. Polêmico e amante do diálogo democrático não admitia renúncia nem tergiversação diante de qualquer ameaça ao consagrado direito dos profissionais educadores.

Ainda como estudante secundarista e líder estudantil no Liceu do Ceará, o “colega Jaime”, como assim era cariosamente tratado por seus colegas e contemporâneos liceistas iniciou vida profissional de magistério, lecionando nos cursos de Admissão ao Ginásio em escolas de ensino particular e público. Foram mais de 50 anos dedicados, com exclusividade de tempo integral às causas da educação e dos educadores cearenses.

Com esse mesmo entusiasmo e dedicação implícita de líder estudantil e de educador, Jaime Alencar militou na vida sindical por várias décadas filiado ao Sindicato APEOC. Como presidente e, posteriormente, permanente e mais atuante assessor da entidade na história dessa instituição de trabalhadores em educação, Jaime Alencar deixou marca registrada de competência e de amor no servir aos semelhantes, fraternalmente, como homem limpo e de bons costumes. Legado que lhe outorgou gratificante reconhecimento e homenagem póstuma da diretoria do Sindicato APEOC, com denominação de Palácio da Educação Prof. Jaime Alencar, o edifício sede da entidade, na Rua Solon Pinheiro, 1306, em Fortaleza, Capital do Estado.

Com essa sua maneira de ser profissional educador, Jaime Alencar foi também reconhecido pelo governador do Estado do Ceará, Cid Gomes, quando o convidou para integrar como membro efetivo o Conselho Estadual de Educação. No ato de posse Jaime Alencar agradeceu o convite do Chefe do Poder Executivo, ressaltando ser aquele momento o ápice da sua consagração profissional. Infelizmente faleceu ainda no primeiro ano de sua participativa gestão no Conselho Estadual de Educação.  Perdeu o Ceará um apóstolo da Educação Básica.