O assessor jurídico do Sindicato APEOC, Augusto Neto, protocolou na manhã desta sexta-feira (29) um Mandado de Segurança Coletivo no Fórum da Comarca de Paracuru. O documento solicita, em caráter preventivo, a suspensão da medida da Prefeitura de excluir os quinquênios da remuneração dos profissionais da Educação do município. A ação foi movida pelo Sindicato APEOC para proteger os direitos dos profissionais, caso se confirme a retirada da gratificação da folha de pagamento de setembro.

Veja o Mandado de Segurança AQUI.

Mesmo após os protestos dos trabalhadores contra a negligência da Prefeitura em retirar o benefício, sem aviso, a gestão atual se nega a negociar com a categoria. Uma agenda de mobilização foi criada na última quarta-feira (27) e as manifestações em defesa dos servidores continuarão.

Agenda de Mobilização

29/09 – Manifestação na Praça do Campo de Aviação, a partir das 18h;

02/10 – Manifestação na Praça do Gaseza, a partir das 18h;

03/10 – Mobilização na Praça de Eventos, a partir das 20h;

04/10 – Assembleia Geral dos professores na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Paracuru, a partir de 19h30.