O Sindicato APEOC, representado pela presidente da Comissão Municipal de São Gonçalo, Marneide Aires, e pelo assessor sindical, Kim Lopes, realizou nesta quinta-feira (22), uma assembleia geral com a categoria em São Gonçalo. O objetivo era discutir demandas da categoria que até agora não foram atendidas pela gestão municipal, apesar da insistência e cobrança do sindicato.

Em pauta, o Reajuste salarial 6,81%; aumento da Regência de Sala de 6% para 15%; Ascensão Funcional 2016/2017; Concurso Público; Reformulação do Plano de Cargos e Carreira e Lei para Mandato Classista.

A Comissão Municipal de São Gonçalo já protocolou ofícios cobrando uma posição da Prefeitura, deixando claro a pauta e buscando a abertura de negociação, mas até agora, a resposta foi o silêncio por parte da gestão.

A assembleia foi bastante concorrida e como encaminhamento ficou decidido cobrar da gestão repostas às demandas, pedir maior transparência por parte da Prefeitura quanto as informações financeiras do município e será marcada uma reunião no início do mês de dezembro para discutir o Plano de Cargos e Carreiras da categoria.