Em reunião APEOC, SEDUC, UBES, ACES e UNEFORT nesta sexta-feira (16), para tratar da retomada do segundo semestre letivo. A APEOC e as entidades estudantis colocaram os parâmetros para dar prosseguimento as discussões e construção de uma plano de ação para o ensino híbrido deverá ter como base as seguintes condicionantes:

1- Manutenção e respeito à Portaria 57;

2- Investimentos em efetivação das condições de conectividade, para estudantes e professores(as);

3- Agilização de aplicação da 2ª dose de todos(as) os(as) profissionais da Educação; e

4- Condições estruturais das escolas; e

5- Facultatividade aos alunos(as) e professores(as) para a retomada no ensino híbrido ou remoto.

O nosso presidente Anizio Melo considerou que a reunião é uma primeira conversa para avaliar como será o segundo semestre letivo.

Após cobrança do Sindicato, a secretária executiva do ensino médio e profissionalizante, Jucineide Fernandes, nos informou:

– Tablets: Até o final de julho, todos os tablets das turmas de 1º ano serão entregues e será iniciada a distribuição das outras turmas de ensino médio;

– Notebooks professores(as): O processo está na PGE à espera da data do pregão; e

– Guia para o ensino híbrido: Será lançado ainda em agosto, com a participação da APEOC na construção.

Ficou encaminhada uma nova reunião em 30 de julho para aprofundar as discussões da retomada do segundo semestre.

Participaram da reunião, pela APEOC, o vice-presidente, Reginaldo Pinheiro, a secretária de assuntos financeiros, Penha Alencar, o secretário de assuntos educacionais, Maurício Manoel, os assessores Ítalo Bezerra (jurídico) e Alan Faustino (comunicação). Representando a UNEFORT e UBES, William Matheus. Pela SEDUC, a coordenadora de gestão de pessoas, Marta Emília e demais assessores(as).

BAIXE A PORTARIA 57 AQUI