Na quinta-feira (23), o Sindicato APEOC, representado pelo presidente, Anízio Melo,  participou de uma reunião virtual com a Associação dos Municípios do Estado do Ceará (APRECE) para debater e articular medidas em defesa de recursos para Educação.

A ideia da APEOC e APRECE é juntar forças entre sindicatos, gestores, parlamento e sociedade civil organizada para a construção de um espaço de articulação que garanta maior e melhor financiamento para Educação, fortalecendo a luta local e nacional, tendo como ponto de partida o Novo FUNDEB permanente. As entidades visam também reunir esforços para que os recursos emergenciais da União cheguem aos municípios e estados, dando tranquilidade aos gestores e profissionais, principalmente em meio ao quadro de pandemia do COVID-19.

Essa frente ampla, além da luta pelas pautas contínuas e emergenciais da Educação, busca também fazer movimentações politicas para dar visibilidade ao canal de negociação e discussão.

Encaminhamentos

As equipes jurídicas do Sindicato APEOC e da APRECE irão definir o modelo de criação da frente ampla. Será feito um levantamento das possíveis perdas e ameaças para Educação durante a pandemia que enfrentamos, bem como o que pode vir como recurso.

As entidades criarão um ofício em conjunto para convidar outros participantes para a frente, entre eles UNDIME Ceará e Nordeste, Governo do Estado, Comissão de Educação da Assembleia Legislativa, União Dos Vereadores Do Ceará e Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação. Uma nova reunião foi acertada para o dia 5 de maio.