Em um dia bastante agitado em Brasília, dando continuidade à grande saga pelo pagamento de todas as parcelas dos Precatórios do FUNDEF, a APEOC, junto com a Frente Norte Nordeste pela Educação, representada pelo seu presidente, Professor Anízio, esteve no STF e nos Ministérios da Fazenda e Educação articulando e cobrando a antecipação da 3ª parcela dos Precatórios do FUNDEF para estados e municípios.

Na ocasião, Professor Anízio protocolou ofícios que requerem e justificam a urgência da antecipação da 3ª parcela dos Precatórios do FUNDEF aos estados e municípios. Reforçando ainda mais essa articulação, o escritório Aldairton Carvalho Sociedade de Advogados peticionou junto ao STF requerendo urgência na liberação dos recursos da 3ª parcela dos Precatórios do FUNDEF.

Também estiveram presentes em Brasília somando forças conosco o Professor Raimundo Oliveira, Coord. de Assuntos Jurídicos da Frente, o Professor Gilberto Sabino, Coord. de Comunicação da Frente, o Professor Mauricio Manoel, Secretário de Assuntos Jurídicos da APEOC, Professor Helano Maia, Secretário Geral da APEOC, Rafaela Trindade, Diretora de Comunicação do SINPROP, e Valdir Silva, Presidente da ASPROLF/FTE.

“Toda e qualquer antecipação é fruto da nossa mobilização e pressão no governo Lula e no governo Elmano. Hoje, no MEC, conseguimos o compromisso do Secretário Maurício Holanda de pedir ao Ministro Camilo Santana para agilizar a antecipação da 3ª e da 4ª parcela dos Precatórios do FUNDEF. Agora, é tarefa de todos nós pressionarmos Lula, Camilo e Elmano para a educação ser cada vez mais forte. Antecipa Precatórios, já!” Professor Anízio.