O Sindicato – APEOC fez consulta ao Tribunal Superior Eleitoral para garantir aos professores da rede estadual de ensino a possibilidade de ter direito ao reajuste diferenciado para os membros do magistério.

Em outra consulta aventou também a possibilidade de garantir a implantação de progressão horizontal para todos os professores aptos, retroativa a setembro do ano passado, sem avaliação de desempenho no período eleitoral, pois como sabemos há proibição, em ano eleitoral, de reajuste acima da inflação para servidores públicos. A presidente do Sindicato – APEOC, Maria da Penha, argumenta que esse tipo de reajuste diferenciado dos professores acontece desde o primeiro ano do governo Cid, não tendo, portanto, cunho eleitoral.