A Assembléia Legislativa aprovou ontem (11/12), de forma tranqüila, o reajuste de R$ 1.000 para R$ 1.500 nas gratificações dos diretores escolares que assumirem no próximo ano letivo.

Os professores da rede pública estadual que forem selecionados pela Secretaria de Educação do Ceará (Seduc) para diretor escolar já vão assumir no próximo ano letivo com 50% de reajuste nas gratificações. A mensagem do Executivo que prevê o aumento, de R$ 1.000 para R$ 1.500, foi aprovada ontem sem maiores discussões, no plenário da Assembléia Legislativa. A titular da Seduc, Izolda Cela, avisou que não será possível empossar todos os diretores simultaneamente, mas espera convocar os aprovados na seleção até março do ano que vem.

Segundo o líder do Governo na Assembléia, Nelson Martins (PT), a medida deve atingir todos os 449 diretores, incluindo os que serão escolhidos a partir dos aprovados no concurso, que terá edital publicado até fevereiro de 2009 e destinará 4 mil vagas para professores efetivos. Segundo o petista, o vencimento inicial dos novos professores será de R$ 1.257,34, para 40 horas semanais. Mas os diretores escolares deverão receber, no mínimo, R$ 3.500 – sendo R$ 1.500 de gratificações.

Piso nacional

A medida chega em meio à polêmica criada em torno da Lei Federal 11.738, que estabelece piso nacional para os professores de todo o País. “Espero que a medida seja avaliada como uma forma de valorização da categoria”, afirmou Izolda. Na última terça-feira, os representantes sindicais dos professores voltaram a se manifestar em frente ao Palácio Iracema e foram recebidos pela secretária da Educação.

Izolda Cela explicou que a função de diretor escolar é um cargo em comissão do Estado e que, atualmente, não tem nenhum vínculo com o Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) dos professores. Além dos efetivos, os professores substitutos também podem participar da seleção, o que não prevê nenhum tipo de experiência em gestão escolar para participar. “Mas já nos comprometemos que, aqueles que não tiverem especialização em gestão escolar, a Secretaria vai garantir”, afirmou Izolda.

No último dia 1º, cerca de 10 mil pessoas de todo o Estado participaram da primeira fase da seleção pública para gestores das escolas estaduais. Eles concorriam a vagas de diretores e coordenadores de escolas de ensino médio e escolas profissionalizantes.

Fonte: O Povo Online


Calendário de mobilização dos professores – Continuidade da paralisação (interior e capital)

Segunda-Feira (15/12)

  • Ida às Regionais e encontros com professores pela manhã, tarde e noite;
  • Reunião do CNE (Conselho Nacional de Entidades – CNTE) em Brasília, com participação efetiva de diretores do Sindicato APEOC.  PISO SALARIAL NACIONAL DOS PROFESSORES.

Terça-Feira (16/12)

  • Paralisação Estado e Município;
  • 15 HORAS: CONCENTRAÇÃO NA PRAÇA DA BANDEIRA COM SAÍDA PARA A PRAÇA DO FERREIRA COM GRANDE ATO PÚBLICO.

Quarta-Feira (17/12)

  • ÀS 09 HORAS, GRANDE ASSEMBLÉIA GERAL NO GINÁSIO AÉCIO DE BORBA;
  • ACOMPANHAMENTO DA APRECIAÇÃO PELO STF (BRASÍLIA) DA ADIN IMPETRADA POR CINCO GOVERNADORES (INCLUSIVE O GOVERNADOR DO CEARÁ).

Quinta-Feira (18/12)

  • Às 10 horas, Audiência com o Município na Prefeitura de Fortaleza. PISO SALARIAL NACIONAL DOS PROFESSORES.

Sexta-Feira (15/12)

  • Ida às Regionais e encontros com professores pela manhã, tarde e noite;

SEM O PISO, EU NÃO PISO NA ESCOLA!

O PISO É LEI, TEM QUE CUMPRIR!