Nesta terça-feira (12), O Sindicato APEOC reuniu-se com representantes da CNTE, MNU, UNE, UBES, UEE, ACES e UNEFORT, no chamado BLOCÃO DA EDUCAÇÃO, para fazer uma análise de conjuntura e discutir o ano letivo 2021.

Anizio Melo relembrou a parceria entre as entidades na luta e mobilização pelo Novo FUNDEB e na garantia do ano letivo 2020 de forma remota e segura.

O grupo discutiu medidas para garantir que o ano letivo em 2021 seja feito com segurança sanitária, sem prejudicar a qualidade do ensino. Com este intuito o Blocão da Educação irá oficializar ao governo do Estado um pedido de reunião para tratar sobre os temas.

Para além disso, o Blocão da Educação prepara uma agenda de mobilizações para que um plano de vacinação seja efetivado o quanto antes, com o tema “PARA SALVAR VIDAS E A NAÇÃO: VACINAÇÃO JÁ!” Um claro recado ao Governo Bolsonaro que com VIDAS não se brinca e não há espaço para a falta de responsabilidade do presidente e seus ministros.

Estiveram presentes Anizio Melo, presidente da APEOC, Reginaldo Pinheiro, vice-presidente, Helano Maia, secretário-geral, Maurício Manoel, diretor de assuntos Educacionais, Alessandro Carvalho, diretor da CNTE e Secretário de comunicação da APEOC, Kim Lopes, coordenador estadual do MNU, Jonathan Sales, diretor da ACES, William Matheus, Presidente da UNEFORT, Odair Santos, Presidente da UEE Ceará Livre, Matheus Lima, Presidente da ACES, Yara Larissa, Diretora Regional da UNE, e Kallel Neves, Diretor de Relações Internacionais da UBES.

#VacinaçãoJá!