Dados do Censo Escolar 2009 apontam queda, em relação ao ano passado, de 1,8% nas matrículas da educação básica no Ceará.

Ainda assim, o estado é sétimo do país em número de matrículas (2.567.230).

Como no Brasil, cresceu no Ceará o número de estudantes na educação infantil – são 2,19% a mais.

O fator foi impulsionado pelo aumento de 10,3% de matrículas nas creches, que passaram de 103.728 estudantes em 2008 para 114.397 em 2009.

Já no ensino médio, embora as matrículas tenham caído nacionalmente, o estado conseguiu ampliar em 1,9% o número de estudantes. O Ceará foi o estado que mais apresentou queda no número de escolas.

O Censo Escolar da Educação Básica serve de base para a distribuição de recursos federais para estados e municípios.

Fonte: O Povo (CE) – 01/12/2009