manifestação alunosAlunos de escolas públicas, professores, entidades estudantis e movimento negro cearense, realizaram nesta quarta-feira, 29 de agosto, grande ato pela imediata implementação das cotas, lei sancionada na tarde de ontem pela presidenta Dilma Rousself.

A grande preocupação do movimento é que a Universidade Federal do Ceará, por ter ao longo de sua história uma postura conservadora em relação às políticas de ação afirmativa, queira assim protelar ao máximo a implementação da lei. [Galeria de fotos]

O movimento tentou uma audiência com o reitor Professor Jesualdo Farias, que segundo a representante da UFC, não se encontrava na Universidade. Diante da pressão feita pelos manifestantes uma comissão foi recebida pelo chefe de gabinete da reitoria o Professor José Maria, ocasião em que foi entregue o manifesto do movimento e cobrado uma audiência com o Reitor o mais breve possível.

E o argumento nós já sabemos “precisamos preparar a Universidade para esses novos alunos da escola publica”. Diante dessa situação o movimento deve continuar lutando pela imediata implementação das cotas, estando sempre vigilante e organizado para batalhas futuras. Nesse sentido já está marcada uma reunião de avaliação e planejamento de ações futuras. A reunião acorrerá dia 03 de setembro, próxima segunda-feira, ás 14 horas, na Escola Estadual Adauto Bezerra.

O Sindicato APEOC, através do SEU COLETIVO DE RAÇA E ETNIA tem participado e contribuído com o movimento. A professora Kelma Cristina e professora Glória Bernardino e outros valorosos companheiros do Sindicato, tem participado das reuniões e atividades demandadas pelo movimento.

logo.face

IMG_0003 IMG_0006 IMG_0015 IMG_0016 IMG_0017 IMG_0018 IMG_0021 IMG_0023 IMG_0026 IMG_0027 IMG_0040 IMG_0043 IMG_0048 IMG_0056 IMG_0057 IMG_0062 IMG_0066 IMG_0072 IMG_0075 IMG_0077 IMG_0081 IMG_0090 IMG_0093 IMG_0101 IMG_0102 IMG_0106 IMG_0108 IMG_0121 IMG_0124 IMG_0125 IMG_0127 IMG_0130 IMG_0136 IMG_0144 IMG_0151 IMG_0152 IMG_0156 IMG_0158 IMG_0160 IMG_0169 IMG_0177 IMG_0182