O povo não aceita mudanças na Previdência que prejudiquem os trabalhadores. Foi com essa certeza que o Sindicato APEOC, demais entidades, centrais e movimentos sociais organizados ganharam as ruas de Fortaleza e de outras cidades cearenses nesta terça-feira (05) no Dia Nacional de Luta contra as Reformas Malditas de Temer. O ato foi motivado pela iminência da votação do projeto de Reforma da Previdência do Governo, que aumenta o tempo de serviço e escraviza ainda mais o trabalhador brasileiro. Na capital cearense, o ato se concentrou no início da manhã no cruzamento das avenidas 13 de Maio e Universidade, no Benfica. De lá, os manifestantes seguiram em passeada ao Centro, com parada em frente à Superintendência do INSS, na Rua Pedro Pereira.

Com faixas, cartazes e muitos carros de som, os trabalhadores organizados protestaram com os seguidos golpes que o governo Temer vem promovendo contra os trabalhadores brasileiros, com a PEC do teto dos gastos públicos, a Reforma Trabalhista, e agora a Reforma da Previdência.

Para ver outras fotos do ato em Fortaleza e também no interior do Estado, acesse nossa fanpage no Facebook AQUI.