Com R$ 100 milhões destinados a apoiar atividades de pesquisa científica, tecnológica e de inovação em todas as áreas do conhecimento, esta é considerada uma das maiores ações de fomento da agência.

O Edital Universal, versão 2009, foi lançado na última sexta-feira (19/6). Os recursos, da ordem de R$ 100 milhões, oriundos do CNPq e dos Fundos Setoriais, serão distribuídos em três faixas de financiamento. A Faixa A, receberá projetos de até R$ 20 mil; Faixa B, para propostas acima de R$ 20 mil e abaixo de R$ 50 mil; e Faixa C, para projetos de R$ 50 mil a R$ 150 mil.

A criação de faixas para financiamento das propostas acontece desde 2007 para possibilitar o apoio a pesquisadores mais jovens que não concorrem com os grupos consolidados, que tendem a solicitar recursos na maior faixa. De fato, nos editais julgados em 2007 e 2008, 50% e 53%, respectivamente, dos processos aprovados foram apresentados por pesquisadores não bolsistas de Produtividade em Pesquisa (PQ) do CNPq.

Norte, Nordeste e Centro-Oeste

Uma parcela mínima de 30% do total de recursos será destina para projetos de pesquisadores vinculados a instituições sediadas nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, incentivando a expansão e a consolidação do Sistema Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação.

Os interessados podem inscrever seus projetos até o dia 5 de agosto, por meio do Formulário online de Propostas, que já está disponível na Plataforma Carlos Chagas do CNPq. O resultado será divulgado em novembro.

Confira o edital na íntegra no link http://www.cnpq.br/editais/ct/2009/universal.htm
(Assessoria de Comunicação do CNPq)