Em mais um dia de visitas, nesta quinta-feira (8), o Sindicato APEOC, a CNTE, e as entidades estudantis UBES, ACES e UNEFORT encontraram mais uma escola sem atender a todos os requisitos do Protocolo 18, do Decreto Estadual que autorizou o retorno às aulas presenciais.

A Escola Telina Barbosa da Costa, em Messejana, não está em conformidade com o protocolo em vários quesitos, dentre eles:

1- Falta a sinalização para alunos e profissionais;
2- Faltam os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs);
3- Falta Álcool em gel;
4- Os bebedouros não estão adaptados;
5- Os banheiros necessitam de reformas.

Ressaltamos que este não é o momento adequado para o retorno às aulas presenciais, já que não há segurança sanitária a todas e todos.

Entendemos ainda que não devemos cometer o mesmo erro das escolas particulares, que retornaram às atividades presenciais e que já surgem casos de COVID entre os profissionais da Educação, fazendo com que as escolas sejam fechadas. AULAS SE RECUPERAM, VIDAS NÃO!