O estudante cearense João Batista de Castro David Junior, do Liceu de Maracanaú, foi premiado na Feira Internacional de Ciências e Engenharia da Intel (Intel ISEF), realizada de 9 a 14 de maio, na Califórnia (EUA). O projeto vencedor é denominado “Análise de extratos vegetais com potencial inseto-larvicida: Caracterização química de biocontroladores utilizados em vetores de transmissão.” João Batista obteve o terceiro lugar na categoria Medicina e Ciências da Saúde. A premiação totaliza US$ 2.500, o equivalente a R$ 4,8 mil.

O evento americano dispõe de duas cerimônias de premiação. No dia 13, João Batista recebeu US$ 1.000,00 (mil dólares) da National Collegiate Inventors and Innovators Alliance/ The Lemelson Foundation. Na mesma ocasião, a CACO Pharmaceutical & Bioscience Society entregou ao estudante um cheque de US$ 500,00 (quinhentos dólares). No último dia da feira, o prêmio foi de US$ 1.000,00 dólares (mil dólares) pelo terceiro lugar.

No estudo, João Batista desenvolveu um método de controle do Aedes aegypti que supera os métodos convencionais em três principais aspectos: eficácia, custo e poluição ambiental. O trabalho foi orientado pela professora Maria das Graças França Sales.