A gratificação da progressão horizontal para 100% dos professores da rede pública estadual de ensino ainda não foi implantada pelo governo do Estado, apesar de ser compromisso do governador Cid Gomes, por diversas vezes ratificado, que, determinaria pagamento com efeito retroativo ao mês de setembro de 2008, beneficiando 100% dos professores.

Em audiência com diretores do Sindicato – APEOC, não só o governador do Estado, como sua secretaria de Educação e seu chefe de gabinete reafirmaram que os valores gerados pela progressão horizontal seriam implantados na folha de pagamento do mês de março próximo passado. Infelizmente não ocorreu e tudo indica que também não será na folha de abril.

O Sindicato – APEOC reafirma propósito de confiar no governo, entretanto, como em toda situação há limite de tolerância, aguarda sensibilidade de se respeitar empenho da palavra compromissada, antes que seja necessária mobilização de protesto dos prejudicados.