O projeto de lei que visa cortar a Gratificação de Hora Atividades de professores readaptados de Ipu, de autoria do prefeito Robério Wagner Martins Moreira, foi lido na Ordem do Dia da segunda-feira (01) na Câmara dos Vereadores, mas retirado de pauta e só deverá ser apreciado na próxima terça-feira (09).

Nosso Sindicato considera que tal medida é uma afronta aos direitos desses profissionais que se encontram readaptados, em sua grande maioria, por motivos de doenças e comorbidades médicas adquiridas no desempenho da própria profissão.

Repudiamos tal Projeto de Lei e a forma como o mesmo está sendo conduzido, sem debate algum com os profissionais e seu Sindicato.

O Sindicato APEOC convoca todos os professores e professoras de IPU para participar de uma mobilização virtual contra esse ATAQUE ao Magistério do município. Pressione os vereadores e o Governo Municipal através das redes sociais para que o projeto seja vetado na Câmara.

Reiteramos nosso pedido para que os vereadores votem NÃO por este projeto e que a Administração Municipal que abra uma mesa de negociação com a categoria através de seu legítimo representante legal, que somos nós, do Sindicato APEOC.