Relatório divulgado pelo Movimento Todos Pela Educação revela que se for mantido o ritmo de atendimento (porcentagem de pessoas com idade escolar que frequentam ou não a escola) e conclusão para a educação básica observado nos últimos cinco anos, dificilmente as metas estabelecidas para 2013 serão cumpridas.

De acordo com o relatório, o Brasil não atingiu em 2008 o objetivo de pôr na escola 91,9% de suas crianças e adolescentes de sete a 14 anos.

O monitoramento também revela que apenas quatro em cada dez estudantes terminaram aos 16 anos o ensino fundamental em 2008, quando a idade normal para concluir esta etapa é 14 anos.

A meta para 2022, ano do bicentenário da Independência do Brasil, é chegar com todas as pessoas entre quatro e 17 anos matriculadas no ensino básico.

No entanto, indicadores educacionais apontam que, se continuar no ritmo atual, a tendência é que essa meta não seja alcançada.