O Programa “Educação em Debate” na Rádio Cidade AM 860, uma produção do Sindicato APEOC, discutiu no último sábado (16), os impactos da Reforma da Previdência, as mobilizações em defesa da Educação, da Democracia e contra a retirada de direitos da classe trabalhadora.

Participaram do último programa o jornalista, Helder Cordeiro, o diretor do Sindicato APEOC, Marcos Fabio e o assessor sindical Kim Lopes. Os apresentadores destacaram durante o editorial do programa os impactos da Reforma da Previdência e as principais ações do Sindicato APEOC para este mês em que estão previstas diversas mobilizações da classe trabalhadora, a exemplo da Paralisação Geral do próximo dia 22.

A discussão sobre a DEFORMA da Previdência foi o principal destaque do Programa, pontos como corrupção, as empresas que devem ao INSS, a sonegação, renúncia fiscal, má gestão e outros desmandos foram os principais pontos do editorial que conduziu os debates. Durante a edição, foram divulgadas diversas mobilizações contra a reforma previdenciária que serão realizadas em todo o Ceará e o apoio dos movimentos estudantis e sociais a paralisação.

Kim Lopes, assessor sindical do Sindicato APEOC, destacou ainda para os ouvintes do programa e toda classe trabalhadora, que o atual governo quer colocar no ombro do trabalhador o peso da dívida dos principais devedores da Previdência no país.

O programa contou também com a participação da atleta cearense Gonçala Paulino, que faz parte do Projeto de Inclusão Social “ GRÃO DE MOSTARDA”, localizado no Eusébio, Região Metropolitana de Fortaleza. A atleta, que recebe o apoio do Sindicato APEOC, foi até o estúdio contar um pouco sobre a importância do apoio da entidade e de como o esporte tem sido uma ferramenta importante para sua formação educacional e pessoal. Acompanhada de seu professor de Jiu-Jitsu, Alison Bessa, Gonçala falou dos preparativos para a sua primeira competição nos Estados Unidos.

No quadro “Fala Presidente”, Anizio Melo frisou a luta pela garantia de direitos dos profissionais da Educação, de toda classe trabalhadora e as mobilizações que ocorrerão este mês contra a DEFORMA da Previdência. Reforçou que a paralisação do dia 22 de março irá cobrar do governo estadual agilidade no cumprimento da Pauta de Reivindicações, como Reajuste Salarial, Fim do Teto do Vale-alimentação, Pagamento de Promoções e demais pontos.

O programa “Educação em Debate” vai ao ar todos os sábados, ao vivo, de 11h às 12h, na Rádio Cidade AM 860 e tem reprise aos domingos de 7h às 8h. Para participar, basta entrar em contato pelos telefones: Fixo: (85) 3198-8877 ou WhatsApp: (85) 98138-6374.

Ouça o programa na integra.