2012.05.22.IMG 1508Hoje pela manhã (dia 22/05), o Sindicato APEOC formalizou no Palácio da Abolição, junto ao Governo do Estado, as reivindicações dos trabalhadores em educação. E, diante das cobranças do Sindicato, o governo recebe já na tarde de hoje (às 13h), para reunião, a direção da entidade classista.

Ontem, segunda-feira (21/05), a direção do Sindicato APEOC reivindicou do Ministro da Educação, Aloísio Mercadante, a federalização da carreira docente, a valorização do magistério. Diretores do Sindicato estiveram pessoalmente com o Ministro no Centro Administrativo – Cambeba, pela manhã; à tarde, quando da inauguração da Escola Municipal Manoelito Guimarães Domingos, situada no Conjunto Santa Fé, bairro Ancuri; e à noite, em Sobral, inauguração da Escola Profissionalizante Lysia Pimentel Gomes. Mercadante mostrou-se bastante receptivo à bandeira de luta levantada pelo Sindicato APEOC em prol dos professores da educação básica pública de todo o Brasil (federalização da carreira do magistério já).

Na solenidade realizada no Centro Administrativo – Cambeba, o Sindicato APEOC cobrou do governador do Estado, Cid Gomes, audiência para a agilização da pauta de reivindicações dos professores, como a aplicação crescente dos recursos do FUNDEB no salário do professor (77% dos recursos do Fundeb para o magistério). Reunião com Ivo Gomes, Chefe de Gabinete do Governador, acontece às 13 horas desta terça-feira. [Galeria de fotos]

Ontem à tarde, aqui em Fortaleza, o Sindicato APEOC voltou a cobrar da prefeita Luizianne Lins e do Secretário de Educação, Elmano Freitas, quando da inauguração da Escola Municipal Manoelito Guimarães Domingos, a nomeação dos professores recém convocados, a agilidade em processos de nomeações dos novos professores da rede municipal de ensino. [Galeria de fotos]

EDUCADORES NA LUTA E NA LEI!