O Sindicato APEOC em São Gonçalo do Amarante reuniu-se na última terça-feira (07), com representantes da Gestão Municipal. Em pauta, o reajuste salarial de 4,17%,  tendo a APEOC reivindicado a data base para janeiro; auxílio de dedicação exclusiva à docência, para valorizar o professor da sala de aula; integralização de 1/3 do planejamento, reestruturação do Plano de Carreira dos Profissionais do Magistério e criação do Plano de Carreira dos Profissionais da Educação não-docentes.

Foi discutida também a realização de concurso para professor e a criação de uma lei que trate do afastamento para cumprimento de mandato sindical.

Depois de colocações da APEOC e da administração municipal, em relação aos dados relativos à matricula e à repercussão financeira, ficou acertada a análise das informações financeiras pelo Sindicato e marcada uma nova audiência para retomada das negociações.

Estiveram presentes na reunião, a presidente da Comissão Municipal da APEOC de São Gonçalo do Amarante, Marneide Aires, o vice-presidente estadual, Reginaldo Pinheiro, o secretário-geral da entidade, Helano Maia, o prefeito de São Gonçalo, Cláudio Pinho, a secretária de Educação, Marineide Clementino, o secretário de planejamento, Joaquim Melo, e vereadores do município.