Ainda sem solução o impasse criado pelo governo Cid Gomes sobre empréstimos consignados para os servidores do Estado.

Na próxima segunda-feira, ás 9 horas da manhã, o Fórum Unificado das Associações e Sindicatos dos Servidores Públicos promoverão manifestação defronte à sede da Procuradoria Geral de Justiça, na Rua Assunção. As entidades irão pedir a intervenção do Ministério Público com vista a suspender os efeitos jurídicos de decreto e ato normativo do governo, aplicando nova metodologia para obtenção de empréstimo consignado.

Segundo o Fórum Unificado, a direção do banco BRADESCO já tomou decisão de não mais operar com empréstimo consignado e que, hoje, a responsabilidade do governo do Estado e do Cartão ABC-Card, instituição criada recentemente para operar com sistema em consignação.

Os servidores estaduais, segundo o Fórum Unificado, estão sendo prejudicados pelo governo do Estado.