Concentração e manifestação às 9 horas  e audiência pública às 11 horas

SEM O PISO, EU NÃO PISO NA ESCOLA!

Milhares de Professores da Educação Básica de Fortaleza e do Interior do Estado realizaram na tarde do último dia 13/11, grande manifestação que saiu da Avenida Washington Soares em direção ao Palácio Iracema, utilizando bandeiras, apitos e reivindicações em pauta.

O Sindicato APEOC e outras entidades sindicais exigem a negociação e aplicação por parte do governo Estadual da Lei Federal 11. 738, de julho último, a Lei do Piso Salarial dos Profissionais do Magistério.

A categoria continua indignada com a posição do Governador do Estado, Cid Gomes, em ter interposto Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI), no Supremo Tribunal Federal, juntamente com os governos dos estados do Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul contra a Lei do Piso do Presidente Lula.

O Governador do Estado do Ceará, juntamente com outros governadores, se posiciona contra o Piso enquanto vencimento inicial de carreira; e também que pelo menos um terço da carga-horária do professor seja destinado a horas-atividades, como pesquisa, estudo, correção de provas e formação continuada.
A Lei é fruto de reivindicação histórica da categoria e foi conquistada após 14 meses de  ampla discussão e negociação por todo o Brasil. Somente no Ceará aconteceram três audiências públicas na Assembléia Legislativa. O Sindicato APEOC também trouxe ao Ceará o Relator da Lei do Piso, Deputado Severiano Alves, porém depois de aprovada pelo

Congresso Nacional e sancionada pelo Presidente Lula os cinco Governadores se voltam contra a conquista dos professores.
Na audiência no Palácio Iracema, após, a passeata e protesto, uma comissão com  representantes do Sindicato APEOC, da Direção Nacional da CNTE, da CUT e demais entidades se reuniu com o vice-governador do Estado Francisco Pinheiro; o líder do governo na Assembléia Legislativa, deputado estadual Nelson Martins e o Secretário adjunto da Educação Básica do Estado, Maurício Holanda.

A negociação foi dura e tensa e terá continuidade no próximo dia 20 (quinta-feira), às 11 horas, por ocasião da Audiência Pública solicitada pelo Sindicato APEOC, Deputado Artur Bruno, Raquel Marques e outros parlamentares e entidades. Antes da Audiência Pública, a categoria faz Concentração e Manifestação na Assembléia Legislativa, às 9 horas, com o objetivo de arrancar dos deputados o total apoio pela implantação do Piso. CONCLAMAMOS TODOS OS PROFESSORES E PROFESSORAS A MANTEREM-SE MOBILIZADOS!


CONCENTRAÇÃO E MANIFESTAÇÃO DIA 20/11 ÀS 9 HORAS E AUDIÊNCIA PÚBLICA ÀS 11 HORAS NA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO CEARÁ.
E DIA 27 ÀS 16 HORAS, GRANDE ASSEMBLÉIA GERAL DOS PROFESSORES (CAPITAL E INTERIOR) NO GINÁSIO AÉCIO DE BORBA

SINDICATO APEOC/CNTE/CUT