Em reunião virtual nesta terça-feira (25), o presidente do Sindicato APEOC, Reginaldo Pinheiro, representantes das entidades estudantis, UNE, UEE, UBES, ACES e UNEFORT, e o coordenador da Frente Norte/Nordeste, Anizio Melo, chancelaram uma nota conjunta contra o retorno das aulas presenciais sem garantias de segurança sanitária para professores, profissionais da educação, estudantes e toda a comunidade escolar.

O objetivo do encontro foi fechar uma campanha, que será veiculada nos grandes meios de comunicação local, como jornais impressos, além de utilização de outdoors nos principais corredores de tráfego da capital.

Uma nota pública será divulgada em um jornal de grande circulação do estado, deixando claro aos governos estadual e municipais, que sem segurança sanitária não tem acordo para retornar às aulas presenciais.

Para o presidente Reginaldo Pinheiro, sem a contenção do avanço do Coronavírus, sem estratégias e estruturas adaptadas nas escolas e sem segurança sanitária para garantir a proteção de todas e todos, não há como pensar em retorno às atividades presenciais.

Participaram também da reunião, o secretário-geral da APEOC, Helano Maia, o secretário de comunicação, Alessandro Carvalho, e os assessores, Ítalo Bezerra e Alan Faustino.