O Brasil vai levar ainda 20 anos para erradicar o analfabetismo da população de 15 anos de idade ou mais.

De acordo com os dados analisados pelo IBGE, a taxa de analfabetismo no Brasil atinge 9,96% da população. O percentual é considerado elevado na comparação com outros países latino-americanos como o Chile, a Argentina e o Equador.

Apenas 36,8% dos jovens de 18 a 24 anos no Brasil têm 11 anos de estudo, o que corresponde ao ensino médio completo, escolaridade considerada essencial para avaliar a eficácia do sistema educacional de um país

O percentual de analfabetos no Ceará diminuiu, mas ainda está longe da média nacional. Enquanto no Brasil a taxa é de 9,96%, no Ceará o índice de pessoas que não sabem ler nem escrever é de 19,04%, quase o dobro.

O problema está em termos de aprendizagem, que evoluiu muito pouco. Em alguns casos, alunos que, mesmo estando em séries mais avançadas, têm dificuldade para ler e escrever.