Artur_Buno_audiencia07072011Deputado Artur Bruno defendeu, durante discussão, que processos de validação sejam mais ágeis e tenham normas específicas.

O deputado federal Artur Bruno (PT) presidiu, na manhã desta quinta-feira (07/07), audiência pública da Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados sobre o reconhecimento dos diplomas dos brasileiros que fizeram pós-graduação no exterior. De acordo com o deputado, o secretário de educacao do Mec, Luiz Cláudio Costa, se comprometeu em agilizar as revalidações das pós- graduações no exterior “Levando em consideração a falta de oferta de vagas para mestrado e doutorado nas instituições de ensino superior do Brasil, muitos pesquisadores têm procurado instituições estrangeiras no intuito de contemplar suas tentativas pela busca do conhecimento científico”, disse o deputado Paulo Rubem Santiago (PDT-PE), que propôs o debate.

Segundo ele, “não bastante esta ser uma tarefa árdua, após a conclusão do curso, as instituições de ensino superior brasileiras dificultam o reconhecimento dos diplomas expedido s pelas instituições estrangeiras”. Como exemplo, ele disse que as instituições brasileiras não respeitam o Tratado de Paz e Amizade entre Brasil e Portugal, firmado em 2000 e ainda não regulamentado.

Além disso, os alunos, ao fazer valer o direito de reconhecimento dos diplomas estrangeiros, têm problemas com a lentidão e, em alguns casos, com o alto custo dos processos, além da falta de normas sobre o reconhecimento.

(Com Agência Câmara de Notícias)