O plenário da Câmara Federal aprovou o projeto de lei de conversão, que inclui os alunos do ensino médio e da educação infantil no programa de transporte escolar e os do ensino médio no programa federal de merenda.

Os deputados começam a debater agora os destaques para votação em separado. O primeiro deles tem o objetivo de incluir emenda que aumenta de R$ 0,22 para R$ 0,60 o valor per capita/dia repassado pela União a estados e municípios para gastos com merenda.

O aumento proposto pelo deputado Bornhausen garantiria cerca de R$ 3,9 bilhões a mais de recursos federais para essa despesa.