A Comissão de Educação, Cultura e Desporto da Assembleia Legislativa promoveu sexta-feira (25/09), às 14h30, no auditório Murilo Aguiar, audiência pública para discutir atual situação da Casa do Estudante do Ceará. O debate foi solicitado pelo deputado Heitor Férrer (PDT) que justificou a necessidade da audiência alegando que a entidade, com capacidade de abrigar 180 pessoas, atualmente recebe apenas 130 estudantes oriundos do Interior.

Além disso, o pedetista pontuou que o restaurante que atendia à comunidade de residentes já foi desativado e a energia elétrica está sob ameaça de ser cortada por falta de devido pagamento. “Enfim, os universitários ali abrigados não dispõem sequer o que comer, além de péssimas condições físicas de instalações da Casa localizadas na área nobre da Aldeota”, disse.

Conforme Heitor, o prédio necessita de uma reforma total. “Até porque deve ser preservado segundo a legislação que o tornou patrimônio arquitetônico, segundo informações prestadas por lideranças dos residentes”, afirmou.