A Comissão de Educação, Cultura e Desporto da Assembleia Legislativa realizou quinta-feira, dia 3, audiência pública para discutir a criação da categoria  de professor indígena no âmbito do Estado Ceará.

A deputada Raquel Marques salientou que a discussão sobre o Ensino Superior e sua distinção daquela referente ao Ensino Fundamental e Médio. Rachel diz que não se trata de universalização da escolarização, mas da formação de indígenas qualificados e comprometidos com a defesa dos direitos étnicos.